terça-feira, 8 de agosto de 2017

Fiz um teste de gravidez e...

A minha mãe e o David andavam há que tempos a dizer que eu estava com barriga de grávida. Que não enganava ninguém. E que os meus apetites deviam ser por isso. Tanto me chatearam a cabeça que eu, apesar de lhes ter dito mil vezes que era da porcaria do pão e dos doces e do leite que voltei, pontualmente a beber, lá fui gastar 15 euros num teste.

Da gravidez da Isabel, descobri numa ida à obstetra (aliás marquei consulta com a ginecologista que se transformou em obstetra naquela hora). Contei-vos aqui como descobri que estava grávida. Da gravidez da Luísa, lá umas amigas me convenceram a fazer o teste. Não estava nada à espera (como sempre, nunca percebo quando estou grávida). Contei-vos aqui a novidade.

Desta vez, sabia que o resultado seria "não grávida" (como achava das outras vezes ahah), mas confesso que tinha o coração estava a palpitar. Depois de eles tanto comentarem o tamanho e forma redondinha da minha barriga, parecia que estava já a sentir o bebé. Claro que eram gases da porcaria do pão que ando a comer... ;) Foi um alívio perceber que não estava grávida, mas - serei doida? - fiquei um bocadinho triste. Não sei porquê. Acho que por sentir que, se fosse agora, seria de certeza (era um "já está, já está"). Não sendo, acho que nunca será. Porque, acho, não me vai apetecer voltar a estas noites de caca, não me vai apetecer voltar ao caos do pós-parto e, sobretudo, voltar a sentir falta de tempo para mim. Vai faltar-nos coragem, depois de voltarmos a encontrar alguma estabilidade, depois de já conseguirmos equilibrar tudo. Acho eu. No entanto, o David, já aliviado, dizia que, a ser, gostava que fosse outra menina (não sei se ele me vai perdoar a inconfidência).


Tenho uma coisa para vos contar: NÃO ESTOU GRÁVIDA! Tenho mesmo de evitar o pão.


Sigam-nos no instagram aqui 
a mim também aqui e à outra Joana aqui.
O nosso canal de youtube é este.
Enviem-nos um mail  à vontade. 

10 comentários:

  1. Qual barriga redondinha?!... Esquece, estão loucos, é o que é :-D
    Estás com um figurinha invejável, essa é a verdade.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Olá Joana,

    Tenho uma filha com 4 anos e 2 bebés gémeas com 13 meses. Quando fiquei grávida e soube que eram gémeas desesperei. Nunca pensei ter 3 filhos. Também não havia razão para ter uma gravidez gemelar dado não haver historial nas nossas famílias, somos os primeiros, e também não fiz tratamentos, por isso, esperei sempre estar grávida de um bebé. Mas ainda bem que foi assim, de outra forma, não teria tido ido ao 3º. E, agora com as 3, posso afirmar, é cansativo sim, muito, mas é tãaaao melhor 3 que 2. Mesmo!!! Adoro vê-las a brincar, a chamarem-me de mãe e a ser o mundo delas. Adoro.

    ResponderEliminar
  3. Joanaaaaaa,o relógio está a chamar para o terceiro bebé 😁 Essa de o teste dar negativo e ficares desiludida,hummmmm 😊❤️

    ResponderEliminar
  4. Eu também fui fazer! E deu positivo! O primeiro! Haha
    Conheces me Joana. Breve já digo qual sou. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como assim não se diz mais nada? Que nerves!! Haha

      Eliminar
  5. Já por aqui espero ansiosamente pelo dia de um teste positivo. O único positivo durou 48 horas...Acreditar que o melhor ainda está para vir💞

    ResponderEliminar
  6. Então mas para correr o risco de estar grávida é porque não se previne é isso? Ou seja, está à procura que venha o 3º filhote mais dia menos dia ;) Um beijinho

    ResponderEliminar
  7. Sem querer assustar, fiz um teste de gravidez às 8 semanas que deu negativo!
    Não sei como é que funciona, mas a minha Maria é a prova viva disso!
    Aparentemente há falsos negativos, o contrário é que não! ;)

    ResponderEliminar
  8. Porque não é possível acontecer "acidentes" mesmo tomando precauções. Muito gostam as pessoas de julgar, parece que nunca erraram ou se esqueceram de tomar um comprimido! Percebo Joana, por um lado de certeza que gostaria de ser mãe outra vez, por outro há que contra balançar tudo aquilo que isso implica. Como todo o ser humano normal e imperfeito! Se tiver que ser, vai chegar a altura em que estará aberta a isso. Se não, tem duas filhas linda para criar o resto da vida :) tudo de bom para vocês!

    ResponderEliminar
  9. Por aqui estamos na mesma mas ao contrario, dois meninos da idade das suas mais ou menos 5 e 2. E tambem a dúvida do terceiro q pode ser de vez a menina e com certeza uma trabalheira mais que a triplicar...

    ResponderEliminar